Páginas

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Ameaça a ‘ex’ com catana no Carregado

Um homem de 53 anos foi detido em flagrante delito pela GNR de Alenquer, no Carregado, no momento em que aquele empunhava uma catana e proferia ameaças na direção da casa onde estavam a ex-mulher e os três filhos de ambos. Nos bolsos o agressor tinha ainda uma navalha e um revólver. Terá sido a própria vítima, de 36 anos, a pedir ajuda através do serviço da teleassistência a vítimas de violência doméstica, tendo sido acionada rapidamente a GNR de Alenquer. O crime ocorreu ao final da tarde de domingo. O detido, que vai ser presente a um juiz para aplicação das medidas de coação, já tem antecedentes por violência doméstica.

Fonte: www.cmjornal.pt

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Conferência nos claustros de São Francisco assinala 490 Anos da Misericórdia de Alenquer

Claustros de São Francisco acolhem a iniciativa
No âmbito das comemorações dos 490 anos da Santa Casa da Misericórdia de Alenquer, os corpos sociais da irmandade promovem, no próximo dia 25 de novembro, pelas 15h30, nos claustros de São Francisco (refeitório dos frades), uma conferência intitulada “As Misericórdias em Portugal”.
A iniciativa engloba intervenções como “A Misericórdia de Alenquer”, pelo provedor João Mário Ayres D’Oliveira, “O património das Misericórdias”, por Mariano Cabaço (do Gabinete do Património Cultural da União das Misericórdias Portuguesas), “Demências, fator de preocupação e aprendizagem”, por Caldas de Almeida (do secretariado da UMP), e “Os desafios de hoje para as Misericórdias de sempre”, a cargo de Manuel de Lemos (presidente da UMP).

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

GNR de Alenquer recupera ninhada de cães dentro de contentor de roupa

Militares da GNR de Alenquer resgataram uma ninhada de cães abandonados de dentro de um contentor de doação de roupa, no último sábado, na Ota.
"Após a denúncia de um popular, os militares do Posto de Alenquer deslocaram-se para o local e resgataram do interior do contentor uma ninhada de oito canídeos, encontrando-se dois já sem vida", conta a instituição em comunicado.
Os animais, recém-nascidos e ainda com cordão umbilical, estavam fechados dentro de um saco plástico envolto em serapilheira.
Os militares aqueceram os cães, alimentaram-nos e entregaram-nos a uma associação de acolhimento de animais abandonados, no Cartaxo, para que recebessem os cuidados veterinários necessários.
Foi instaurado um processo crime por abandono de animais de estimação.

Fonte: JN e GNR

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Câmara de Alenquer lança concurso para construção de edifício para o Destacamento da GNR


Terreno para o edifício da GNR está localizado na Variante Álvaro Pedro
A Câmara de Alenquer decidiu esta segunda-feira lançar concurso para a construção de um novo edifício para o destacamento Territorial da GNR, obra orçada em um milhão de euros para substituir instalações obsoletas e desadequadas.
A proposta, que prevê que as obras decorram durante 18 meses após serem adjudicadas, foi aprovada pela maioria socialista, com PSD/CDS-PP e CDU a votarem contra, na reunião pública.
Tal como no mandado autárquico anterior, a oposição reiterou a sua discordância pela localização prevista para um terreno situado entre as vilas de Alenquer e do Carregado, por não permitir um policiamento de proximidade.
O presidente da Câmara, Pedro Folgado (PS), explicou que a localização foi escolhida pela GNR por ser considerada a mais adequada, por se encontrar "a meio caminho" das duas vilas e estar dotada de transportes públicos.
O autarca recordou que a construção de novas instalações é "reclamada há 20 anos" pela população, uma vez que o atual edifício é da década de 1980 e está "degradado", apresentando problemas de "infiltrações, humidade e de falta de espaço".

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Casa Santos Lima: Um brinde com o mundo a partir de Alenquer


Depois dos mercados ditos tradicionais, a Casa Santos Lima está a explorar novas geografias, não tão habituadas ao consumo de vinho. Índia, Indonésia, Ucrânia ou Bielorrúsia são alguns dos exemplos, numa empresa onde o negócio fora de fronteiras já é quase a totalidade.
Bons Ventos, Lab, Quinta das Setencostas ou Cigarra. Se nunca ouviu falar destes vinhos, provavelmente não é um grande apreciador deste néctar.
Se é dos que perde tempo a analisar os rótulos das garrafas, há motivo para preocupação: já 50 países em cinco continentes ouviram falar destes vinhos e estão a abrir estas garrafas para brindar aos bons momentos.
Quem os leva além-fronteiras, entre outras marcas, é o maior produtor de vinho de Lisboa, a Casa Santos Lima - um negócio familiar que ganhou outra vitalidade na década de 1990, quando a neta e o bisneto do fundador assumiram a gestão desta empresa com origens no final do século XIX, plantando mais vinha e modernizando a estrutura produtiva.
Em 2015, foi distinguida, na área de Exportação dos Prémios Exportação e Internacionalização - uma iniciativa conjunta do Negócios e do Novo Banco - com a categoria de Sector Estratégico. Porquê este prémio? Basta olhar para os números para compreender parte da justificação.

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Alenquer aposta no turismo à boleia da vinha e do vinho

Giovanni Leone e Sebastiano Pio Monciogli vieram descobrir uma profissão 
que os apaixona
Até domingo, vila quer promover esta indústria. Herdades garantem trabalho às pessoas da região e até há estudantes que vêm de Itália experimentar o trabalho nas vinhas.
Alenquer adotou e apostou no lema de "terra da vinha e do vinho". Uma decisão nada inocente para uma região que tem dois terços da sua área em espaço rural e com muita da zona preenchida pela produção de vinho. Uma atividade económica importante para o país e que na região dá emprego a muitas pessoas.
Mas a vila quer ir mais longe e além de promover o produto local, também quer apostar no turismo ligado à essa indústria. Para reforçar essa promoção, este foi o ano escolhido para se realizar um grande evento de promoção da vinha e do vinho.
Chama-se Alma do Vinho, começou ontem e terminará no domingo. Durante estes dias será possível provar muitos vinhos, mas também experimentar a gastronomia, a música e diferentes entretenimentos para todas as idades. Até se poderá fazer uma viagem de helicóptero para ver melhor toda a região vinícola de Alenquer. A primeira edição ainda está a arrancar, mas já se pensa em repetir nos próximos anos.

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Extinto fogo que causou dois feridos em Alenquer

Cinco casas estiveram em risco e duas pessoas ficaram feridas, esta quinta-feira, devido a um incêndio florestal em Camarnal, no concelho de Alenquer, distrito de Lisboa, que mobilizou 152 bombeiros e foi dado como extinto às 18.10 horas.
As chamas que lavraram durante a tarde em Camarnal, no concelho de Alenquer, "puseram em risco cinco casas de primeira habitação, cuja defesa foi a prioridade", disse à agência Lusa o comandante dos Bombeiros de Alenquer, Rudolfo Batista.
De acordo com o mesmo responsável, "não houve necessidade de evacuar as habitações" nem ferimentos "em nenhum dos habitantes", mas na sequência do incêndio ficaram feridos uma bombeira e um sapador florestal.
"A bombeira sofreu ferimentos por inalação de fumo e o sapador uma fratura de um membro inferior, tendo ambos sido transportados ao Hospital de Vila Franca de Xira", acrescentou.